Eu não sou mais eu

dia 23 de Julho, meu pai teve um AVC em casa, nenhum filho estava por perto mas graças a minha mãe e meu primo, ele chegou rápido no hospital e teve a chance de converterem a situação. Foi foda, todo mundo achou que ele não aguentaria, mas ele teve uma recuperação rápida, e após um dia e meio na UTI e mais uns 3 no quarto, ele teve alta.

depois desse tremendo susto e das sequelas, meu pai resolveu se cuidar. Meu pai não fuma mais, não bebe e esta comendo bem, esta passando em vários médicos, vários especialistas diferentes e vai começar real/oficial a fisioterapia, eu acredito que no prazo de 1 ano vamos ter meu pai totalmente independente novamente.

é isso, isso resume meu ultimo mês. Bom pelo menos é o que todo mundo me pergunta, é o que querem saber…

mas eu queria contar um pouco sobre mim, ontem fez 1 mês que isso tudo aconteceu e era um domingo, na segunda eu comecei a trabalhar fazendo as entregas da passadoria (sim, só passam as roupas) que ele e meu irmão são sócios, afinal dos 3 filhos, sou o único que dirige. sim, fui fazer o que era minha obrigação, afinal de contas, não ir lá só deixaria meu pai ainda mais preocupado com a situação da família né.

então hoje faz 1 mês que eu não sou mais eu.

faz 1 mês que eu estou dirigindo mais da metade do meu dia, sério, tem dias que tenho retirada/entrega das 7:30 da manhã até as 19:30, fora levar meu pai no médico e no mercado, fora levar e buscar todo dia minha mãe no trabalho, fora levar o timtim para passar o dia na casa da Vó, fora ir aos correios, comprar material de bottons e talz.

faz 1 mês que eu passo o dia estressado, me incomodando profundamente com os jeito que as pessoas agem no transito, pensando mil teorias de que poderíamos arrumar o mundo se a gente fosse o minimo simpático.

faz 1 mês que voltei a comer errado, fora de hora e mais do que deveria.

faz 1 mês que durmo mal, durmo pouco.

faz 1 mês que me preocupo com problemas que não são meus, que corro pra chegar na hora combinada com cliente, que fico nervoso porque o GPS tá sem sinal, que voltei a ser o Sr. Volante.

e sabe o que eu ganhei? engordei 5kg, tenho dores nas costas e na musculatura da perna e só viu, porque como meu pai que fazia as entregas ainda não tem nenhuma ideia de quanto vão me pagar como motorista, é, to trabalhando de graça.

mas tudo bem né, eu tenho meus trampos…que tão tudo atrasado e como consequência as contas de casa tão atrasadas também, nesse 1 mês consegui fazer 1 tattoo das 5 marcadas, precisei cancelar porque precisava descansar, e as ilustras então? vixe, tenho vergonha de listar todas atrasadas aqui senão eu surto!

tenho me sentido triste. porque eu lutei muito para chegar aonde eu tava, vivendo mais com minha família, sem nervoso, levando uma vida mais leve…me alimentando melhor, fazendo caminhada…e deixei tudo pra lá, vejo super pouco a Pri e o Timtim e isso me deixa mal…não tenho tempo pra desenhar e depois de ter ficado tanto tempo longe, hoje eu sei como é bom pra mim, como me faz bem. Mas no meu tempo livre, eu faço bottons e em casa eu durmo.

mas agora eu vou contar as piores coisas que descobri nesse ultimo mês:

1 – ninguém se importa

2 – as pessoas não querem ser felizes

é amics, hoje eu entendo perfeitamente a pessoa depressiva que se mata, porque não adianta o quanto você tente falar sobre coisas ruins, as pessoas não dão atenção…elas tentam te convencer que tudo vale a pena, e no dia seguinte elas nem sequer perguntam se você esta melhor.

só para não parecer exagero eu já falei para alguém “se eu continuar nessa vida de bosta, dormindo pouco, comendo mal, engordando e dirigindo o próximo a passar mal sou eu e não quero isso pra mim” …as vezes eu peço colo e só a Pri me dá, o Timtim ainda não entende quando eu to triste, mas ele me abraça e me obriga a brincar com ele e isso me faz esquecer as coisas ruins!

e mesmo depois de tudo isso ter acontecido, minha mãe não quer parar de trabalhar no emprego que ela já passou mal de tanto nervoso pelo menos 5x no ultimo ano, passou mal de ir parar no hospital e ser medicada…e mesmo depois de tudo isso, meu pai não vê a hora do medico liberar ele comer uma linguiça calabresa, e a unica coisa que deixa ele empolgado de conversar é sobre as entregas, ele até pediu pra semana que vem ele ir junto comigo…depois de tudo eles só querem voltar a vida do dia-a-dia.

e a felicidade? eu to acumulando o peso do mundo nas minhas costas!

semana passada dei carona pra uma amiga e ela fez uma pergunta que não saiu da minha cabeça “você acha que eles fariam tudo isso por você?”

eu juro que não sei, mas eu preciso acreditar que vai passar, que tudo vai melhorar e em breve, vou voltar a ser o pai presente que eu sempre fiz questão, desenhando, tatuando e fazendo uns bottonszinhos enquanto não conseguir viver das coisas que a natureza dá!

20915588_10209824012471544_5971454478542133390_n

Deem atenção para o problema dos outros, amanha pode ser você precisando desabafar!
#pas

Anúncios

Sobre shamilcarlos

34 anos, proprietário da empresa BOTTONS DX, vocalista da banda HORACE GREEN, baixista da banda FACA PRETA e puxador do BLOCO 77
Esse post foi publicado em Ordinary Life. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s