Desconstruir

Eu ando muito pelas ruas, sempre dou preferência a fazer meus caminhos a pé ao invés de gastar com transporte motorizado, mas moro em Guarulhos e preciso ao menos 3x por semana ir a São Paulo para ensaiar ou fazer entregas de bottons, então hoje me considero um full user do ir e vir.

Ali na rua (andando, dirigindo ou como passageiro) a gente vê muita coisa né, eu infelizmente vejo primeiro as erradas e quantas e quantas vezes perdi meu dia por ver um motorista quase atropelar alguém indo pela faixa de ônibus, ou por trombar com um pedestre que simplesmente resolveu parar no meio da calçada. Sei lá, são tantas situações diárias que passamos né, mas tantas que isso já é o normal e esquecemos que não somos obrigados a viver assim.

A gente ta numa fase que senão começarmos a nos desconstruir a gente vai se destruir!

Created by MDKGraphicsEngine - Licensed to LEGO System A/S

E friso que é uma desconstrução total! Precisamos sair dos padrões, acabar com o machismo, com o patriarcado, com o padrão estético e com as pequenas coisas do dia-a-dia.

É difícil, eu sei, eu erro todo santo dia e me pego pensando na merda que fiz. Fora nossos convívios diários obrigatórios com pessoas que agiram errado com mulheres, que nunca pensaram sobre a industria da carne, acabamos conhecendo gays transfóbicos, negros racistas e todo dia algum gordo faz uma piada ferindo outro gordo para ele mesmo se sentir melhor. Mas sabe o que é o doido disso tudo? Eles não sabem! Não percebem o que estão fazendo!

Meio Matrix agora, mas assim, todos nascemos com espaço de sobra em nosso chip mas em nossa primeira infância as pessoas que convivemos (pais, irmãos, avós e professores) colocam informações no disco rígido que são praticamente impossíveis de serem apagadas. Talvez, se pá, vai saber, só se tivermos sorte de conhecer pessoas “diferentes”, até podemos ter acesso a novas informações e tentar nos auto-sabotar, hackear nossa placa de vídeo e nos permitir ver um mundo mais colorido.

Triste isso né!

Mas só depende de você mudar! Não acreditar na propaganda de carros pois você não vai correr tudo aquilo lá não viu, com sorte você vai mandar 120km/h na Dutra e morrendo de medo de morrer. Só depende de você ir atras e ler sobre a quantidade necessária de água para produzir um único hambúrguer bovino ao invés de tomar banho rapidinho. Só depende de você respeitar o próximo, lembrar que ninguém escolhe ser gay! E só pra finalizar: Só depende de você, tá!

Vamos sair dessa porra de Corrida de Ratos!
#beijosdeluz

assinatura Sha

Anúncios

Sobre shamilcarlos

34 anos, proprietário da empresa BOTTONS DX, vocalista da banda HORACE GREEN, baixista da banda FACA PRETA e puxador do BLOCO 77
Esse post foi publicado em Ordinary Life. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s