Corrida de Ratos

Tem um tempo que eu já desisti de ser um “empreendedor”, mas já tive loja física e tenho uma pequena empresa de brindes, na qual eu já fui muito mais dedicado pois sonhava em fazer dela algo maior, ter funcionários, social-media e sei lá mais o que! Bem nessa época meu amigo Xilip, que até então era dono da IdealShop (e vendeu tudo pra viver de arte na Finlândia, olha que bença) me mandou um livro que o tinha ajudado muito na sua carreira de empreendedor.

O livro se chama “Pai Rico, Pai Pobre” super famoso, best-seller e talz, alias é bem compreensivo vender tanto, eu já li alguma coisa dessa área e esse é o único legal de ler, que você se envolve com a historia do autor sem achar ele um filho-da-puta de sorte que diferente de você nunca errou. Não é nenhuma bobeira da Bel Pesce, esse livro é quase auto-ajuda e te faz ser positivo para uma vida de correria sem fim, não sei se vocês imaginam mas trabalhar por conta (o tal do empreender) é bem mais difícil do que trabalhar numa empresa com salario fixo e 13°.

Bom, em um certo momento do livro o autor diz que você tem que sair da “corrida de ratos”, que ao invés de ficar explicando pra vocês eu peguei a definição do Wikipedia hehehehe “Corrida dos ratos é um termo usado para um exercício sem fim, auto-destrutivo ou inútil”

sair-corrida-dos-ratos

Capitaram a ideia né? Pow desde então eu fiquei pensando que eu tinha que ser O cara que inventaria algo novo, algo diferente, que só assim sairia dessa corrida e talz…até que chegou o ano de 2016 e muita coisa mudou na minha vida, a maternidade/paternidade nos fez repensar muita coisa, muita mesmo e depois que eu vi aquele documentário “A revolução do Altruísmo” e no dia seguinte o “Observar e Absorver” que fala do Eduardo Marinho, eu cansei de estar na corrida decidi correr atras dos meus sonhos e não atras do dinheiro!

Mesmo assim eu ainda me cobro muito, todo mês de janeiro para mim é bem fraco de pedido nos bottons ok? Eu faço isso desde 2006 deveria estar acostumado né mas eu nunca consigo guardar dinheiro e me proteger desse mês tão fraco…ou seja…o cinto aperta sempre, agora morando com a Pri, todas as contas e Timtim aqui comendo que nem um louco, eu acabo ficando stressado e preocupado.

E sabe o que me faz bem? Sair pra caminhar, coloco no fone alguma banda que eu goste e volto pra casa 1h depois todo suado, cagado e fedido mas com ideias novas na cabeça. Essa semana mesmo eu reativei a loja virtual da Stay Free e to pensando um jeito aqui mara para ter sempre novas estampas e talz, ou seja, caminhada + tentativa de correr = dor nos tendões das pernas, emagrecimento e ideias renovadas! YES! Ponto pra ele!

Mas agora preciso contar que aqui em Guarulhos não tem pistinha de caminhada, corrida e tão pouco ciclofaixas nas avenidas planas viu. Ponto Negativo para a prefeitura! Se bem que na avenida aqui perto de casa até tem mas é um trechinho que eu faço em 15min, teria que ficar andando em círculos e ae eu prefiro ir pela rua mesmo! Me achando mais esperto que a grande maioria da população e fugindo das calçadas tortas da minha cidade, eu vou pela faixa de ônibus só que no sentido contrário, assim vejo os ônibus vindo e subo para o canteiro! YES! Ponto pra mim agora! Espertalhão!

Mas acho que vocês nem imaginam o que eu passo TODO SANTO DIA durante as caminhadas né, pois é mics sem exagero, sou quase atropelado por uma media de 7 carros que estão correndo pela faixa de ônibus, todos os dias! TO-DOS OS DIAS! Segunda-feira da semana passada foi meu recorde pois 21 carros aceleraram pra cima de mim!

E sabe o que eu penso sobre essas pessoas? Que lhe faltam empatia, falta altruísmo, falta compaixão e cidadania. Todas estão presas nessa corrida de ratos, aonde todos correm pois não podem chegar atrasada no trabalho que elas odeiam, mas que elas se sentem obrigada pois tem que pagar a melhor escola pros filhos, pois elas acreditam que se trabalharem muito elas terão chance de ser tão ricas quanto seus chefes. Acho que esse sistema é o capitalismo né, foi isso que a TV nos vendeu nesses anos todos não foi?  Que temos que ser melhor, temos de ser mais fortes, mais ricos. Temos que vencer na vida!

Só que vencer na vida capitalista significa pisar nos outros para subir, significa que sua vida é mais importante que a minha, que seu carro tem que correr afinal de contas a propaganda mostra que ele faz de 0 a 100 em menos de 10 segundos né e cada uma das 48 parcelas tem que se fazer valer. O mundo que venderam pra nós é baseado na meritocracia e ela é mais falsa do que a nota 10 xerocada em preto e branco, só que enquanto a gente não conseguir enxergar fora dessa caixa que colocaram na nossa cabeça quando nascemos vamos ficar sempre na mesma, deixando as pessoas ricas mais ricas, permitindo que nos abusem com seus benefícios e VRs maravilhosos que não duram até o fim do mês e ainda nos sentindo agradecidos por isso.

Agora eu jogo a bomba na sua mão! E você? Tá correndo por fora ou é só mais um fazendo a grande roda capitalista girar? Vou te contar que o Papai aqui decidiu ficar fora disso, esse ratinho quer mais é ser feliz e seguir acreditando que posso mudar localmente para mudar globalmente.
#bjosdeluz

6e5634_83fd5ccf35804e9985eb6307d0b06205-mv2

 

assinatura Sha

Anúncios

Sobre shamilcarlos

34 anos, proprietário da empresa BOTTONS DX, vocalista da banda HORACE GREEN, baixista da banda FACA PRETA e puxador do BLOCO 77
Esse post foi publicado em Ordinary Life. Bookmark o link permanente.

8 respostas para Corrida de Ratos

  1. Luis Perossi disse:

    Obrigado por este texto. Trabalho por conta, é algo que eu gosto muito,mas é bem difícil às vezes. Cralho mano, como não me identificar com esse lance q vc descreveu tão bem, do capitalismo à corrida de ratos. Acho que muitas vezes, acabo indo no automático, mas o que me norteia é o lance de nao fazer pra ninguem o que nao qro pra mim. Escreva mais!

    • shamilcarlos disse:

      Pow Luis muito obrigado por ter comentado!
      Só a gente que trabalha por conta sabe como é difícil mas gratificante, acho que é bem parecido com criar um filho hehehehehe cansa mas é a melhor coisa que eu já fiz. Gostaria de escrever mais sobre essas divagações da vida, vou correr contra o tempo e postar mais =)

  2. paulavillas disse:

    Pô, me identifiquei tanto que vou postar no site faces! Muito legal o texto Shamil, eu sempre fui dessas que conseguiu ganhar o Money nos trancos e barrancos, fazendo freelinha aqui e ali. Das duas vezes que tive que trabalhar pros outros com tudo registradinho VR VT, senti que minha vida passou mais rápido e eu nem vi, pois só vivia pra trabalhar e dormir pra acordar no outro dia já estressada. Hoje eu faço freela, se não tem money troco por brejas, lanches do vaca louca, corte de cabelo, o que tiver precisando. E cara, é bem o que você falou, o negócio é parar de trabalhar pelo dinheiro e trabalhar pelos seus sonhos, nada paga nosso bem estar e tempo pras coisas boas que nos fazem feliz. Parabéns pelo texto!

  3. Junior disse:

    Demais Shamil. tinha lido já, mas na correria não agradeci e nem dei parabéns. É isso e sempre que precisar estamos aí. Sabe que conto com pessoas como vocÊ e com esse pensamento sempre. No que conseguir sempre estaremos juntos. Abraaaaaz

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s